30 de dezembro de 2012

Pinheirinhos de frutas cristalizadas



  1. Bater a manteiga com o açúcar, até se obter um creme fôfo e cremoso.
  2. Adicionar os ovos, um a um, e bater bem.
  3. Envolver lentamente a farinha e o fermento, na massa, e o rum.
  4. Partir as frutas cristalizadas e as cerejas em pedacinhos e envolvê-los num pouco de farinha.
  5. Adicionar todas as frutas ao preparado, misturando bem tudo.
  6. Untar uma forma de bolo inglês e colocar nela a massa, levando ao forno a 210ºC (calor circulante) por 10 minutos, e reduzindo para 150ºC por mais 40 minutos.

 Dica: se não se tiver rum, pode-se usar Vinho do Porto em alternativa.

Como podem ver pelas imagens, eu não fiz esta receita na forma de bolo inglês, mas sim numas formas de silicone com a forma de pinheiros de Natal, e reduzi-a para metade nas quantidades. A receita completa daria para cerca de 20 pinheirinhos ou queques, e neste caso levei ao forno a 180ºC durante cerca de 20-25 minutos.


Esta receita foi publicada na TeleCulinária n.º1190 com o título de “Bolo de frutas”.

Pinheirinhos de frutas cristalizadas



  1. Bater a manteiga com o açúcar, até se obter um creme fôfo e cremoso.
  2. Adicionar os ovos, um a um, e bater bem.
  3. Envolver lentamente a farinha e o fermento, na massa, e o rum.
  4. Partir as frutas cristalizadas e as cerejas em pedacinhos e envolvê-los num pouco de farinha.
  5. Adicionar todas as frutas ao preparado, misturando bem tudo.
  6. Untar uma forma de bolo inglês e colocar nela a massa, levando ao forno a 210ºC (calor circulante) por 10 minutos, e reduzindo para 150ºC por mais 40 minutos.

 Dica: se não se tiver rum, pode-se usar Vinho do Porto em alternativa.

Como podem ver pelas imagens, eu não fiz esta receita na forma de bolo inglês, mas sim numas formas de silicone com a forma de pinheiros de Natal, e reduzi-a para metade nas quantidades. A receita completa daria para cerca de 20 pinheirinhos ou queques, e neste caso levei ao forno a 180ºC durante cerca de 20-25 minutos.


Esta receita foi publicada na TeleCulinária n.º1190 com o título de “Bolo de frutas”.

21 de dezembro de 2012

Natal - Bolo-Rei


Esta receita já não se encontra aqui...

O blog mudou de casa para a nova morada "From my orchid kitchen", mas a receita que procura continua disponível aqui (clicar para ver a receita)

16 de dezembro de 2012

Natal - Aletria





Esta receita já não se encontra aqui...

O blog mudou de casa para a nova morada "From my orchid kitchen", mas a receita que procura continua disponível aqui (clicar para ver a receita)

5 de dezembro de 2012

Rolo de ervas recheado com frango



Preparar o rolo:

  1. Aquecer um pouco o leite, e lentamente adicionar a farinha com a ajuda de uma vara de arames, e também os temperos.
  2. Num tacho, aquecer o azeite, adicionar o leite e deixar ferver (mexendo sempre) durante cerca de 4 minutos, até ficar um creme espesso.
  3. Deixer arrefecer um pouco, e junte as gemas (uma de cada vez), a salsa e o cebolinho.
  4. Bata as claras em castelo, e junte ao preparado juntamente com o queijo ralado.
  5. Num tabuleiro forrado com papel vegetal, deita-se o preparado, alisando bem a superfície.
  6. Leva-se ao forno a 200ºC (circulante) durante cerca de 20 a 25 minutos.

 Preparar o recheio:
  1. Reduz-se o tomate a puré.
  2. Num tacho, aloura-se o alho no azeite, e junta-se o creme de tomate e deixa-se espessar um pouco.
  3. Junta-se o frango picado e os temperos, e envolve-se bem.
  4. Quando a massa do rolo estiver cozida, desenforma-se em cima de outra folha de papel vegetal (ou um pano de cozinha, ou tapete de silicone) tira-se lentamente o papel vegetal e coloca-se o recheio; e com a ajuda do papel vegetal que está por baixo, enrola-se, aconchegando bem o recheio.
Dica: quem não quiser fazer o creme de tomate para o recheio, pode usar molhos à base de tomate já de compra, ketchup, ou mesmo molho barbecue. 


Esta receita pertence ao livro do Chef Hêrnani Ermida “Emagrecer.Eu consigo!”, e nela ele usa peito de frango cozido. Para variar, como tinha um peito de frango assado que tinha sobrado de um almoço de domingo, usei-o aqui para fazer a receita.

Rolo de ervas recheado com frango



Preparar o rolo:

  1. Aquecer um pouco o leite, e lentamente adicionar a farinha com a ajuda de uma vara de arames, e também os temperos.
  2. Num tacho, aquecer o azeite, adicionar o leite e deixar ferver (mexendo sempre) durante cerca de 4 minutos, até ficar um creme espesso.
  3. Deixer arrefecer um pouco, e junte as gemas (uma de cada vez), a salsa e o cebolinho.
  4. Bata as claras em castelo, e junte ao preparado juntamente com o queijo ralado.
  5. Num tabuleiro forrado com papel vegetal, deita-se o preparado, alisando bem a superfície.
  6. Leva-se ao forno a 200ºC (circulante) durante cerca de 20 a 25 minutos.

 Preparar o recheio:
  1. Reduz-se o tomate a puré.
  2. Num tacho, aloura-se o alho no azeite, e junta-se o creme de tomate e deixa-se espessar um pouco.
  3. Junta-se o frango picado e os temperos, e envolve-se bem.
  4. Quando a massa do rolo estiver cozida, desenforma-se em cima de outra folha de papel vegetal (ou um pano de cozinha, ou tapete de silicone) tira-se lentamente o papel vegetal e coloca-se o recheio; e com a ajuda do papel vegetal que está por baixo, enrola-se, aconchegando bem o recheio.
Dica: quem não quiser fazer o creme de tomate para o recheio, pode usar molhos à base de tomate já de compra, ketchup, ou mesmo molho barbecue. 


Esta receita pertence ao livro do Chef Hêrnani Ermida “Emagrecer.Eu consigo!”, e nela ele usa peito de frango cozido. Para variar, como tinha um peito de frango assado que tinha sobrado de um almoço de domingo, usei-o aqui para fazer a receita.

30 de novembro de 2012

Omelete de esparguete



Colocar num pirex untado a massa, misturada com todos os ingredientes, menos os ovos batidos.
Batem-se os ovos necessários para cobrir a quantidade de massa, e se for preciso adiciona-se também um pouco de leite.
Leva-se ao forno até os ovos ficarem cozinhados, e a superfície da omelete se apresentar dourada.

 
Depois de ter publicado uma receita sobre sobras de arroz, agora as sobras são de massa, mais concretamente esparguete, mas podem ser usadas outras massas.
No meu caso, as sobras de esparguete continham pedaços de vitela, cenoura e ervilha, por isso só acrescentei ovo batido com um pouco de leite, a cebola picada e o cebolinho; de outro modo podem-se acrescentar os ingredientes que se desejar...

 


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...