24 de janeiro de 2013

Bacalhau à espanhola no tacho

 



2 lombos de bacalhau
1 cebola grande
3 ou 4 batatas grandes
1 ou 2 tomates
2 dentes de alho picados
Salsa picada q.b.
Sal e pimenta q.b.
Colorau (pimentão doce) q.b.




  1. Cortar a cebolas em tiras ou meias-luas para uma tigela, e polvilhá-las com o colorau em pó.
  2. Descascar as batatas e cortá-las em rodelas.
  3. Cortar o tomate em pedaços ou fatias finas.
  4. Desfazer em lascas grossas o bacalhau, ou então cortá-lo em pedaços.
  5. Num tacho grande, deita-se azeite de modo a cobrir o fundo do tacho, e vão-se pondo por camadas: 1º - cebola; 2º - batatas, tomate, sal e pimenta; 3º - bacalhau, alho picado e salsa picada.
  6. Repetem-as camadas até esgotar os ingredientes, e entre camadas rega-se com um fio de azeite.
  7. Leva-se a lume brando entre 20 a 30 minutos, ou até todos os ingredientes estiverem cozidos (principalmente a batata), e sem se mexerem os ingredientes, só abanando o tacho de tempos a tempos.


Servir acompanhado com algumas azeitonas pretas.

Dica: por vezes este prato tem tendência a queimar um pouco no fundo do tacho, pois depende da quantidade de humidade presente nos legumes (batata, cebola e tomate). Convém que, se se achar necessário, seja acrescentada então alguma água (pouca).



Esta receita é daquelas que me lembro de sempre serem feitas cá em casa.
Na nossa receita não entra pimento como em algumas receitas com este mesmo nome que já li, e chamei-lhe “Bacalhau à espanhola no tacho” porque tenho outra receita de “Bacalhau à espanhola” que é feita no forno.

Bacalhau à espanhola no tacho

 



2 lombos de bacalhau
1 cebola grande
3 ou 4 batatas grandes
1 ou 2 tomates
2 dentes de alho picados
Salsa picada q.b.
Sal e pimenta q.b.
Colorau (pimentão doce) q.b.




  1. Cortar a cebolas em tiras ou meias-luas para uma tigela, e polvilhá-las com o colorau em pó.
  2. Descascar as batatas e cortá-las em rodelas.
  3. Cortar o tomate em pedaços ou fatias finas.
  4. Desfazer em lascas grossas o bacalhau, ou então cortá-lo em pedaços.
  5. Num tacho grande, deita-se azeite de modo a cobrir o fundo do tacho, e vão-se pondo por camadas: 1º - cebola; 2º - batatas, tomate, sal e pimenta; 3º - bacalhau, alho picado e salsa picada.
  6. Repetem-as camadas até esgotar os ingredientes, e entre camadas rega-se com um fio de azeite.
  7. Leva-se a lume brando entre 20 a 30 minutos, ou até todos os ingredientes estiverem cozidos (principalmente a batata), e sem se mexerem os ingredientes, só abanando o tacho de tempos a tempos.


Servir acompanhado com algumas azeitonas pretas.

Dica: por vezes este prato tem tendência a queimar um pouco no fundo do tacho, pois depende da quantidade de humidade presente nos legumes (batata, cebola e tomate). Convém que, se se achar necessário, seja acrescentada então alguma água (pouca).



Esta receita é daquelas que me lembro de sempre serem feitas cá em casa.
Na nossa receita não entra pimento como em algumas receitas com este mesmo nome que já li, e chamei-lhe “Bacalhau à espanhola no tacho” porque tenho outra receita de “Bacalhau à espanhola” que é feita no forno.

18 de janeiro de 2013

Creme frio de Abacate




  1. Retira-se a polpa dos abacates, e desfaz-se ou pisa-se até obter um puré.
  2. Batem-se as natas e acrescenta-se o açúcar.
  3. Demolha-se a gelatina em água fria, e quando estiver mole, derrete-se num pouco de água quente.
  4. Junta-se a gelatina, envolvendo bem, no puré de abacate.
  5. Acrescenta-se a aguardente, e depois o chantilly, misturando bem.
  6. Leva-se ao frigorífico para solidificar um pouco, e serve-se decorado com granulado de chocolate.

Dica: pode-se acrescentar algumas gotas de limão ao puré de abacate, e se se achar necessário, também um pouco mais de açúcar.

 

Descobri esta receita por acaso, quando estava à procura duma outra receita na TeleCulinária n.º1305, mas alterei-a pois usei um pouco mais açúcar e eliminei a colher de sopa de melaço que era referida. 
Também acrescentei mais natas, pois desde que estas natas para bater surgiram no mercado (pacote de 250ml), não uso das “normais”.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...