1 de maio de 2013

Tarte de requeijão e pêssego


  1. Coloca-se a massa quebrada na tarteira, e leva-se a cozer previamente 15 minutos a 180ºC (calor circulante).
  2. Com a batedeira, bater o requeijão com o açúcar até ficar bem cremoso.
  3. Juntar os ovos, a raspa do limão e o amido de milho.
  4. À parte, triturar 3 metades de pêssego com a varinha mágica, e juntar à massa do requeijão.
  5. Deitar o recheio na massa quebrada, e levar ao forno a 160ºC (modo gratinar) por mais 15 minutos.
  6. Triturar as restantes metades de pêssego, ou cortá-las em pedaços, espalhando-as por cima da tarte já ligeiramente arrefecida.



Tinha um requeijão no frigorífico, e quis arranjar mais uma receita com requeijão para a colecção, por isso adaptei uma que tinha lido algures de requeijão com pêssego, mas em que o recheio não ia ao forno mas antes ao frigorífico.


7 comentários:

  1. Dá mesmo vontade de fazer uma! Adorei!
    beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Esplendida, acho que não é preciso dizer mais nada.
    E... está claro que a receita vai comigo.
    Bom fim de semana, kiss
    Susana
    Nota: Ver o passatempo a decorrer no meu blog:
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/p/passatempos.html

    ResponderEliminar
  3. Olá:)

    Ficou uma bela tarte! Imagino o sabor:)

    Bom fim-de-semana!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. A tarte estava (obviamente) deliciosa, tal como os vossos comentários ;)

    ResponderEliminar
  5. Gostei da combinação.
    Ficou uma tarte linda.
    bjs

    ResponderEliminar
  6. Esta tarte ficou fantástica e deve ser deliciosa :)

    Beijinhos,
    Joana

    ResponderEliminar
  7. Esta tarte tem um aspecto delicioso.
    Adorei!
    Beijinhos :)

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...